BEM-VINDOS AO BLOG, VISITEM TAMBÉM AS MÍDIAS SOCIAIS DECORA INTERI

Jardins tropicais


Usados em regiões com climas quentes e úmidos, os jardins tropicais,  são ideais para serem projetados em cidades litorâneas ou que tenham clima quente na maior parte do ano. 
Os jardins tropicais não são recomendados para regiões onde o inverno é rigoroso, pois prejudicaria o desenvolvimento das plantas.


No Brasil, os jardins tropicais, foram difundidos pelas obras de Burle Marx e seus seguidores.



Os atuais projetos paisagísticos  de jardins tropicais são caracterizados  por grandes maciços de plantas da mesma espécie, como as Helicônias, Strelitza, Calateias, Filodendros, Agaves, Bromélias, Palmeiras, Crótons, Alpíneas, geralmente em formas sinuosas, margeando espelhos d’água ou grandes lagos,  transmitindo  a sensação de frescor das florestas tropicais.



As pedras grandes, bambus,  são interessantes para  projetos de jardins tropicais. Caminhos de terra batida ou de toras de madeira também são bastante usados, o objetivo é que tudo fique o mais harmonioso e natural possível, com desenhos mais livres e não padronizados.




Não utilize as plantas podadas em topiaria, como buxinhos, as cercas vivas como pingo de ouro, murtas ou roseiras e forrações de flores miúdas, pois  descaracterizará o jardim tropical. 
Essas plantas tropicais possuem geralmente folhas sensíveis ao vento – se quebrando facilmente quando expostas à estas condições – podem ter folhas grandes como é o caso 


As Palmeiras e Heliconias, que lembram as Bananeiras, possuem geralmente folhas sensíveis ao vento e há também as  folhas menores e delicadas como as Samambaias. 



Neste estilo de jardim podemos utilizar plantas de cores vivas e formas esculturais como palmeiras, dracenas, bromélias, helicônias, bananeiras, gengibres e orquídeas, entre outras.  Para incrementar há como ornamentar com pedras, lagos ou fontes, inspirando-se na natureza, suas formas e desenhos. Se optar pelo uso de vasos, procure usar de barro, terracota, fibra com cores vivas, que combinem com o colorido das plantas.
Invista em uma iluminação discreta, como pequenos balizadores, criando caminhos com uma ou outra luz, pontuando algumas espécie em destaque.



A manutenção de  jardins tropicais é simples não há a necessidade de muitas podas, pois sua principal característica é justamente cultivá-lo com a maior naturalidade possível. A manutenção deve ser realizada somente para a retirada de folhas e galhos secos, e a adubação deve ser feita apenas de 3 em 3 meses.
A maioria das  plantas são perenes, também não será necessário fazer replantes frequentes.