BEM-VINDOS AO BLOG, VISITEM TAMBÉM AS MÍDIAS SOCIAIS DECORA INTERI

Pastilhas na cozinha


Pastilhas em vidro ou cerâmica são práticas, fáceis de limpar. São práticas criam muitas possibilidades de criar ambientes personalizados. 


Algumas ideias são: criar um painel atrás da pia e do fogão, faixas  no piso formando figuras geométricas, em uma parede inteira, combinando cores e diferentes materiais. A opção de cores é enorme e de combinações, infinita.







As pastilhas de vidro apresentam brilho e transparência se comparadas com as de cerâmica. As de vidro geralmente são mais caras e requerem uma atenção especial na hora de serem aplicadas. Elas são mais escorregadias que as de cerâmica e por isso devem ser evitadas como piso.
O rejunte deve ser muito bem feito para evitar infiltrações e alteração de qualidade e da estética da pastilha. Se o rejunte tiver falhas . Recomenda-se sempre mão de obra especializada, indicada pelos fabricantes ou por revendedores. O custo da instalação é de aproximadamente 40% do valor do produto, pois o processo de aplicação é trabalhoso, porém compensador.




As pastilhas veem coladas em papel e o segredo fica na junção dessas placas para que a divisa entre elas não fique aparente. Nas pastilhas com textura e irregularidades propositais, essa aplicação pode ser um desafio ainda maior. Existem argamassas específicas para o assentamento de pastilhas. Elas são mais colantes e aderentes. 
O cuidado com esse material deve permanecer depois da aplicação. Os fabricantes recomendam que as pastilhas sejam limpas com uma solução de ácido muriático diluído e água na proporção de 1:1. Limpando assim, o brilho do material e o rejunte estarão limpos e conservados.