BEM-VINDOS AO BLOG, VISITEM TAMBÉM AS MÍDIAS SOCIAIS DECORA INTERI

Feng Shui e os Aquários


As técnicas do Feng Shui foram desenvolvidas a partir do conjunto de conhecimentos da metafísica chinesa, que engloba alguns conceitos que visam auxiliar as pessoas a manifestarem o máximo do seu potencial em todos os aspectos de sua vida. 



A água é um importante símbolo de movimentação de energias no Feng Shui e ter a representação da água nos ambientes na forma de fontes e aquários é importante para a movimentação e ativação de energias. Da mesma forma, os peixes, pescarias e pescadores tem especial representação. 


Sendo símbolos de conhecimento e vitória, os peixes estão relacionados com a riqueza e simbolizam o sucesso em exames e na carreira, pois como na lenda da Carpa da Sorte, ela supera todos os obstáculos para chegar ao rio amarelo na época da desova e quando chega é transformada em dragão celestial. 
Nos ambientes os peixes podem estar vivos num aquário, tanto quanto em pinturas nos quadros ou esculpidos como objetos de decoração, o efeito é o mesmo. Quando se opta por um aquário, deve-se ter em mente que demanda investimento e tempo para os devidos cuidados mantendo os peixes saudáveis. É preciso controlar a alimentação, a temperatura e volume da água, o ph, os sistemas de filtragem, a oxigenação, a regularidade das trocas de água etc. 


No aquário de vidro incolor devem ser mantidos apenas 9 peixes:  8 vermelhos que representam as 8 áreas do baguá propiciando sucesso e prosperidade e 1 dourado que representa o centro sendo a fixação da energia e proteção. A água deve ser trocada sempre que começar a escurecer ou juntar partículas, pois um aquário mal cuidado ou com peixes doentes pode ter efeito danoso ao ambiente.


Diz-se que quando a adversidade está batendo na porta de casa, os peixes protegem os moradores atraindo para si as influências hostis. Por isso quando um peixinho preto matar um colorido significa que afastaram eventos desagradáveis. Quando qualquer um dos peixinhos morrer, deverá ser prontamente substituído. 

Em setores afetados pela má sorte é recomendado um aquário com vários peixes de cor negra, exceto nos quartos, cozinha e área do sucesso. Acredita-se que estes podem ajudar a dispersar o mau Chi, melhorando a qualidade do ambiente. Em lagos no exterior da casa podem ser colocados peixes de várias cores, desde que haja espaço suficiente. Se o aquário tiver intenção de ativar o romance, devem ser usado um par de peixinhos dourados, mas nunca é salutar ter apenas um peixe sozinho. 



Algumas pessoas gostam de ter em casa pequenos aquários com um peixinho Beta. Apesar de ser lindo, é um peixe bastante solitário e hostil que não consegue viver em conjunto. Nesse caso deverá ser colocado neste aquário uma pedra de ametista lilás que é um cristal muito poderoso por representar a transmutação das energias de solidão e da violência. 



Se a intenção do aquário for para harmonizar o ambiente, não coloque peixinhos, pois essa água vai agir como receptora das energias mais densas não sendo saudável para os peixes. Ainda assim a água deve ser trocada constantemente. Também é preciso cautela quanto à sua posição do aquário no ambiente; dependendo da localização eles podem ser excelentes condutores de energia como também causar eventos catastróficos. 



A melhor posição para um aquário é o Guá do Trabalho na entrada da casa, que é o Guá regido pelo elemento Água. Se a intenção for para atrair sucesso nos estudos, o aquário deve ser orientado a Noroeste. No entanto, nunca se deve colocar um aquário nos quartos de dormir, na cozinha e nem no Guá do sucesso que é regido pelo elemento Fogo, a menos que seja necessária alguma correção.



Por aumentar as oportunidades de negócios, o poder pessoal e a competitividade, nas empresas os aquários devem ser posicionados na entrada, especialmente na sala de quem ocupa uma posição de liderança. Para esse efeito são mais indicados os peixes vermelhos e dourados. 

Mais do que tornar o ambiente bonito, um aquário em casa pode ajudar a estabelecer a calma, já que amplia o contato com a natureza. Além disso, o aquarismo pode virar um hobby e ser promovido à atividade terapêutica. Isso porque, enquanto cuidamos dos bichos e plantas que vivem ali, acabamos deixando para segundo plano tantos outros problemas. 



Para quem se anima com a ideia de montar o seu primeiro aquário, a orientação é começar com um tamanho pequeno, de capacidade para 40 litros. Neste espaço é possível acomodar de três a quatro peixes de até cinco centímetros cada. As espécies espadinha, plati e paulistinha são as mais indicadas aos aquaristas inexperientes. Além de conviverem bem, esses peixes são coloridos e resistentes 


Equipamentos necessários

Os aquários de água doce também são os mais recomendados para iniciantes, já que necessitam de menos equipamentos para funcionar. Os itens básicos são filtro, termostato, termômetro, lâmpada e objetos decorativos como pedras, cascalhos e plantas artificiais ou naturais.  

O filtro é responsável por manter a qualidade da água. O ideal é o modelo hang-on, que fica pendurado atrás do aquário e, além de filtrar, também movimenta a água e gera oxigênio para os peixe. A recomendação é que o equipamento tenha vazão mínima de cinco vezes a capacidade do aquário. Ou seja, para um aquário de 40 litros, o filtro deve ser capaz de filtrar 200 litros de água por hora. 



Enquanto o termômetro indica qual é a temperatura ideal, o termostato tem a função de mantê-la constante. Isso é fundamental, uma vez que as variações de calor e frio estão entre as maiores causadoras de doenças nos peixes. O ideal depende das espécies que estão no aquário. Na maior parte dos casos, 28º C são uma medida bastante razoável. A regra do termostato é de 1 watt por litro, o que significa que num aquário de 40 litros é necessário um modelo com potência de 40 watts. 



 Manutenção

A cada quinze dias, é preciso dedicar ao menos uma hora para a limpeza do aquário. Neste processo troca-se cerca de 30% da água, que deve ser a da torneira, mas tratada com condicionadores instantâneos, que eliminam o cloro do líquido e são vendidos em lojas especializadas. 

Durante a manutenção, também é fundamental limpar vidros que estejam com aspecto esverdeado e retirar as folhas que se soltaram das plantas. Já a limpeza do filtro pode ser feita uma vez por mês, para garantir a eficácia do equipamento.     
Portal UOL, astrologiachinesa.blogspot.com.br