BEM-VINDOS AO BLOG, VISITEM TAMBÉM AS MÍDIAS SOCIAIS DECORA INTERI

Ambientes acessíveis


Dando continuidade aos posts sobre acessibilidade, para facilitar o acesso e a convivência de idosos e cadeirantes, seguem mais algumas dicas.





Oferecer condição de acesso é eliminar qualquer desnível que possa existir no decorrer no percurso. 

O piso deve ter superfície regular, firme, estável, antiderrapante e que não provoque trepidações ou deslizamentos. Além disso, os capachos devem ser embutidos no piso e os tapetes ou forrações tenham suas bordas firmemente fixadas, até mesmo com fitas dupla face. Caso contrário, simplesmente elimine esses objetos.

Para liberar a circulação 

 A idéia principal de adaptar um lugar é dar total independência ao morador deste local, dar espaço suficiente para que ele consiga se movimentar o máximo possível. 

No caso dos usuários de cadeiras de rodas, uma das recomendações mais importante dentro de um lar é que ele tenha uma área de giro de 360º para se mover com total liberdade e autonomia. 

Aumentar os espaços sem muitos móveis pelo caminho.


Bancos fixos e barras de sustentação no boxe dão maior segurança ao cadeirante

As portas precisam ter no mínimo 80 cm de vão livre, os corredores, 1,20 m de comprimento e, no caso de prédios, os elevadores têm que medir 80 cm de largura x 1,20 m de comprimento. O recomendado é colocar bancos fixos e barras de sustentação dentro dos boxes do banheiro para facilitar o banho dos cadeirantes. 

As barras de sustentação, que também são colocadas ao lado do vaso sanitário devem ter 70 cm de comprimento e precisam estar a 75 cm do chão. No boxe é correto colocar duas barras de apoio, uma na vertical e outra na horizontal, cadeirinha para banho e no vaso sanitário uma de cada lado.


Para melhor aproximação é necessário tirar os gabinetes das pias da cozinha e banheiro

A aproximação é a terceira condição para que o cadeirante sinta-se a vontade em sua própria residência. Deve-se retirar todos os gabinetes e colunas sob os lavatórios, pois o usuário de cadeira de rodas precisa do espaço inferior livre para que a cadeira e suas pernas possam se adequar ao ambiente



O portador da cadeira de rodas necessita poder alcançar peças e objetos para realizar todas as suas atividades. Neste caso é preciso prestar atenção quanto à altura e distância de torneiras, janelas, espelhos, mesas e interruptores. 


É recomendado colocar as torneiras ao lado da pia. Além disso, as janelas têm que ser baixas aproximadamente 80 cm, para facilitar a visualização de fora e os interruptores adaptados ao alcance de todos, sejam cadeirantes ou não. 


Nos espelhos recomenda-se uma inclinação de 10º para frente.


As torneiras devem ser fixadas ao lado da pia para facilitar o alcance


Apesar de todas essas recomendações em medidas, quando se fala em residências particulares adaptadas não existe um tamanho padrão e sim medidas individuais.